-- ------ À conquista da Europa – Mercado de transferências (1 a 15 de Junho)
Bom Futebol

À conquista da Europa – Mercado de transferências (1 a 15 de Junho)

À conquista da Europa – Mercado de transferências (1 a 15 de Junho)

Começou a nova época desportiva, com a apresentação de vários jogadores que poderão participar, ou não, no plantel dos seus respetivos clubes. Neste artigo, vamos analisar as mexidas já feitas no plantel dos clubes portugueses, que vão participar nas competições europeias, e a sua conjugação com o plantel existente.

 

SL Benfica –  Limpeza de balneário

Os encarnados continuam a limpeza do balneário, com a saída de Nelson Semedo, por valores a rondar os 30 milhões de euros, e com a saída de vários jogadores que não tinham lugar na equipa A, nem na equipa B, são eles: João Lima e André Ferreira* (Leixões); Kevin Friesenbichler (Austria de Viena); Patrick* (Vitória FC); Salvador Agra* (Desp. Aves); Šaponjic* (Zulte); Hildeberto Pereira (Legia). É certo que muitos deles foram emprestados(*), mas também é verdade que estes deverão ter muitos minutos nas respetivas equipas.

No que toca a entradas, a posição de guarda-redes ficou entreaberta com a transferência de Bruno Varela, pois julga-se que o Benfica poderá contratar mais alguém. Fica a dúvida de quem será, já que o negócio de André Moreira caiu. Nota, também, para a entrada de Thabo Cele (Real SC), Matheus Leal (Real SC) e Chris Willock (Arsenal) para reforçar a equipa B encarnada.

Opinião: Como é óbvio, e como se vê na imagem em cima, ainda estão pontas soltas no plantel. Enquanto alguns foram chamados, para ganhar experiência ao mais alto nível, outros foram chamados, para serem avaliados por Rui Vitória. A única certeza é da aposta em jovens jogadores, ou jogadores do atual plantel, caso haja alguma venda. Com a saída de Ederson, entrou Bruno Varela, com a saída de Lindelof, entrou Kalaica/Ruben Dias e com a saída de Nelson Semedo, entrou Pedro Pereira. Não é a melhor política de contratações, mas, com a promessa do abate do passivo, é o caminho que o Luís Filipe Vieira quer percorrer. Será que Vieira vai manter a estratégia, face ao investimento que os rivais estão a fazer esta temporada ?

Jogadores por colocar: V. Lystcov; César; A. Alfaiate; C. Ponck; E. Azemovic; A. Scholl; V. Andrade; L. Fariña; P. Dawidowicz; G. Costa; G. Celis; R. Baldé; O. John; J. Murillo; Derley.

 

 FC Porto – Avaliação do plantel

Passados 15 dias, por incrível que pareça, o FC Porto apenas reforçou a baliza com Vaná, sendo que este será suplente de Casillas. Mas este facto não é propriamente mau, pois os azuis e brancos estão a avaliar o plantel e o regresso de alguns emprestados.

Em termos de vendas/empréstimos, a transferência de Ruben Neves, por valores a rondar os 18 milhões de euros, e o empréstimo de Boly, ambos ao Wolves, são as saídas mais relevantes. Sendo que, Sami (Desp. Aves), Tiago Rodrigues (CSKA Sofia) e José Angel (Eibar) também saíram, em definitivo, dos quadros portistas.

Opinião: Sérgio Conceição ainda tem tempo para avaliar devidamente o plantel, pois tem matéria-prima no Porto, mais que suficiente, para lutar pelo campeonato. O único problema, é motivar os jogadores a permanecer e lutar por isso mesmo. Depois, terá que conjugar estes, com as vendas que os azuis e brancos terão de fazer, para cumprir o fair play financeiro. Se os dragões conseguirem fazer uma boa conjugação da formação (Rafa, Mikel, Rui Pedro, Sérgio Oliveira e Jorge Fernandes), com os jogadores já existente no plantel, o FC Porto fica com um plantel bastante forte e competitivo. Será que Pinto da Costa consegue segurar os pilares da equipa?

Jogadores por colocar: Bolat; R. Gudiño; V. Garcia; Abdoulaye; Verdasca; Josué; Quintero; Zé Manuel; A. Bueno; A. López; Suk; Leandro Silva; G. Paciência; Gleison.

 

 Sporting – Reforços de qualidade

Continua o constante reforço ao plantel leonino, com contratações de grandes nomes do futebol europeu (Fábio Coentrão, Mathieu e Doumbia).  Somando todos os reforços, já são 9 contratações apenas para a equipa principal leonina.

No que diz respeito a saídas, apenas Miguel Lopes (Akhisar) e Paulo Oliveira (Eibar) sairam em definitivo. Sendo que Carlos Mané (Estugarda), Spalvis (Kaiserslautern), Domingos Duarte (Desp. Chaves), Mama Baldé (Desp. Aves), Guima (Académica), Empis (Académica) e G. Oliveira (Académica) sairão todos por empréstimo.

Opinião: Os leões estão a formar um excelente plantel, mas peca pela irregularidade. Ou seja, Fábio Coentrão, Mathieu e Doumbia são jogadores de grande qualidade, mas os adeptos leoninos têm que ter cuidado face às expectativas, devido a possíveis lesões e quedas de forma. Para além destes, ainda existem dúvidas de quem saí, pois o clube leonino ainda tem que reforçar o lado esquerdo do ataque, e o lado direito da defesa. E, por fim, como será composto o banco de suplentes, pois com tantos reforços será difícil dar espaço à formação leonina. Será que Bruno de Carvalho vai conseguir fazer uma boa gestão de tanta qualidade no plantel?

Jogadores por colocar: Ewerton; Douglas; Sambinha; E. Schelotto; M. Zeegelaar; S. Slavchev; O. Rosell; F. Fokobo; B. Ruiz; Héldon; A. Papel; L. Castaignos; C. Ponde.

 

Vitória SC – Aposta na formação

Nestes primeiros 15 dias do mês de Julho, o Vitória apenas confirmou a contratação de Pedro Henrique (Pedrão), o central titular da época passada, Suéliton, por empréstimo, com opção de compra e Sebastián Rincón, avançado colombiano. Todos os outros reforços vieram da própria casa, ou seja, do Vitória B.

Em termos de saídas, é de notar as transferências, em definitivo, de Ricardo Valente (Marítimo) e de Ruben Ferreira (Desp. Chaves). Bem como, o empréstimo de João Afonso para o Córdoba, equipa da 2ª divisão espanhola.

Opinião: Este início de pré-temporada está a ser marcado pela aposta na formação. Vários jovens oriundos da equipa B tem estado sob o comando de Pedro Martins, sendo que muitos fizeram alguns minutos no primeiro amigável da época, por exemplo João Vigário e Mbemba foram testados a defesa esquerdo. São esperados alguns reforços, pois o Vitória ainda tem um longo caminho a percorrer, para colmatar as saídas de alguns jogadores, que regressaram ao seu clube-mãe. Quais serão os grandes reforços, que faltam para o Vitória SC?

 

SC Braga – Reforços sem fim

A equipa bracarense reforçou, ainda mais, o seu plantel, com o regresso de Danilo e as contratações, por empréstimo, de André Moreira (A. Madrid) e Bruno Viana (Olympiakos). Com estes três reforços, o Braga fica com um total de 10 reforços nesta temporada, para um plantel que já tinha muita qualidade.

De saída do clube, neste período de tempo, apenas jogadores que já se saberia que não iriam pertencer ao plantel, são estes: Joca (Tondela) e Alef (Apollon Limassol), por empréstimo, e Pedro Monteiro (Estoril), em definitivo.

Opinião: Os bracarenses estão a formar um plantel de grande qualidade, estando perto do nível dos 3 grandes. Mas, provavelmente, vão existir problemas de gestão do plantel. Muitos destes jogadores foram titulares na época passada nos diversos clube da nossa liga, logo vai ser difícil sentar muitos destes no banco de suplentes. Como o mercado de verão ainda está longe de terminar, o clube bracarense ainda poderá limar estas arestas. Quem serão os escolhidos para ficar no plantel ?

CS Marítimo

O clube madeirense aproveitou, o início do mês de Julho, para reforçar o ataque com Ricardo Valente (Vitória SC), extremo esquerdo, e Everton Nascimento (Manama Club), ponta de lança.

Em termos de saídas, oficializou as vendas de António Xavier (P. Ferreira), Alex Soares (Omonia Nikosia) e Fábio Abreu (Penafiel), em definitivo.

Opinião: Ainda existem várias dúvidas em relação a alguns reforços, mas, como tem sido habito no clube, normalmente conseguem encontrar grandes jogadores no mercado brasileiro e africano. Por isso, será uma questão de esperar para ver que coelho da cartola Daniel Ramos irá tirar. Também, nota-se uma alteração tática, pois o clube contratou um conjunto de avançados que possibilita a mudança tática de 4x5x1, para 4x2x3x1/4x4x2. Será que o plantel já está fechado?

Deixe o seu comentário

bomfutebol