-- ------ Angel Gomes: de genial a líder silencioso, o futebol inglês em bons pés - Alambrado - Bom Futebol
Bom Futebol

Angel Gomes: de genial a líder silencioso, o futebol inglês em bons pés – Alambrado

Angel Gomes: O maestro do promissor time inglês tem se destacado no Mundial

Angel Gomes: de genial a líder silencioso, o futebol inglês em bons pés – Alambrado

Conheça o médio do United que se tem vindo a destacar na temporada e no Mundial Sub-17.

Angel Gomes poderia ser apenas mais um jogador talentoso da nova geração inglesa. Até porque, nas categorias de base, poucos países possuem potencial similar ao que os ingleses têm. Porém, ele é um dos principais expoentes de um estilo de jogador cada vez mais comum na Inglaterra: Habilidoso, inteligente, técnico, e, principalmente, muito ousado.

O Mundial-Sub-17 de 2017, que está sendo disputado na Índia, tem justamente a Inglaterra como destaque. Dona de um futebol ofensivo e cheio de brilho coletivo individual, está nas quartas de final, fase em que vai enfrentar os Estados Unidos. E Angel, jogador do Manchester United, já se destaca em campo, com dois gols e uma assistência.

Gomes nasceu em Londres. Membro da geração /00, é conhecido pelos torcedores há, no mínimo, dois anos. Ou mais. Na seleção inglesa desde o sub-16, teve a primeira convocação em 2015. No período, ajudou a Inglaterra a ganhar respeito em partidas de alta qualidade, como em amistosos contra Brasil e Alemanha, além do Europeu Sub-17 deste ano – em que ficou com o vice.

Tratado como grande promessa em Old Trafford, uma demonstração do potencial e das esperanças do poderoso clube inglês foram vistos no último jogo da Premier League da temporada passada. Em partida contra o Crystal Palace, ele substituiu Wayne Rooney, grande ídolo do United que estava se despedindo do clube. Para muitos torcedores, uma mudança simbólica. E que poderia trazer inspiração.

Aos 16 anos, ele foi o primeiro jogador da geração /00 a atuar pela Premier League. Prêmio para o melhor jogador das categorias de base do clube na temporada passada.

Fato, de certa forma, normal para ele. Aos 14 anos, Gomes estreou pelo sub-18 do Manchester United. Baixinho, a preocupação com o físico do jovem existe.

Semelhante a Ronaldinho Gaúcho em alguns movimentos, Gomes tem como característica dar assistências e passes, até por sua função em campo, mas também não é de economizar nos dribles. Com facilidade, costuma deixar marcadores sem nenhum sossego no gramado.

Além dessas características que lhe rendem apelidos e gera expectativa acima da média, Gomes faz gols. Nesta temporada pelo United, três em cinco partidas.Foram 13 gols pela Premier League sub-18 da temporada passada, com 23 partidas jogadas.

Além da finalização, Gomes é líder. Capitão em algumas partidas do Manchester United, foi capitão no último jogo do Mundial Sub-17. Quieto, mas com muita personalidade, costuma levar o time com muita calma.

Algumas vezes, a tranquilidade até se confunde com algum tipo de desligamento da partida, aspecto que vem sendo melhorado por ele.

Família de atletas

Angel Gomes é filho de Gil Gomes, antigo jogador da seleção portuguesa sub-20. Inclusive, foi campeão mundial em 1991. Porém, o atacante não teve tanto sucesso como esperado. Chegou a jogar em clubes menores da Inglaterra. E foi nesta passagem que Gomes nasceu.

Outra curiosidade “familiar” é o fato de Angel ser primo de Nani. O jogador português ficou no United durante oito anos. Também com muito potencial, Gomes espera superar pai e primo para brilhar ainda mais no futebol.

Inglaterra promissora

Como explicado no início do texto, as categorias de base da Inglaterra estão voando. Em qualidade, promessas e potenciais grandes jogadores. Futuras estrelas.

Angel Gomes pode fazer parte de uma equipe fantástica. Contando apenas jogadores sub-19, ele pode fazer dupla histórica com outro jogador baixinho: Marcus Edwards, do Tottenham.

Mais à frente, Sancho, do Dortmund – e principal estrela da base do pais, hoje, e Reiss Nelson, do Arsenal, dão habilidade e velocidade. Isso sem esquecer Foden, meio-campista do Manchester City muito elogiado, inclusive pelo técnico Guardiola.

Juntos, podem fazer a Inglaterra forte novamente. E, principalmente, campeã. Angel Gomes já começou o brilho.

Autoria: Caio Alves (Alambrado)

Deixe o seu comentário

bomfutebol