-- ------ As escolhas de Fernando Santos - Ataque - Bom Futebol
Bom Futebol

As escolhas de Fernando Santos – Ataque

As escolhas de Fernando Santos - Ataque

As escolhas de Fernando Santos – Ataque

Estamos a cerca de oito meses do pontapé de saída do Campeonato do Mundo Rússia 2018, sobre o qual já nos debruçamos aqui há dias em termos de favoritos. Muito acontecerá até lá, entre lesões, momentos de forma, épocas melhor ou pior conseguidas por parte dos jogadores. Mas à data de hoje, é possível prever aqueles que estarão em cima da mesa de Fernando Santos quanto tiver que seleccionar os 23 que representarão Portugal no Mundial. Este é o último de três artigos, dedicado ao ataque dos campeões europeus. O primeiro pode ser lido aqui e o segundo aqui.

Avançados

É o sector da equipa de Fernando Santos que menos dúvidas levanta. Cristiano Ronaldo e André Silva são os indiscutíveis. Na convocatória e no onze. Uma dupla que vale muitos golos e que tornou a Seleção Nacional mortífera ao longo do apuramento para o Mundial Rússia 2018. A estes dois poderá juntar-se um elemento. Éder, o herói inesperado do Euro-2016, é um dos nomes para ocupar o lugar, assim como Nélson Oliveira, que está a fazer uma época de grande nível em Inglaterra, sendo o jogador que menos minutos precisa para marcar no Championship. Também da segunda Liga inglesa há Diogo Jota, o melhor marcador do Championship, mas cujas características de ala, que marca muitos golos no Wolves devido ao jogo de contra-ataque da equipa de Nuno Espírito Santo, algo pouco consentâneo com o jogo da equipa de Fernando Santos. Outra hipótese será Gonçalo Guedes que além de extremo pode ser avançado, como acontecia nos Sub-21 de Rui Jorge.

 

Depois destes três textos a conclusão é óbvia: são muitas as opções, especialmente na zona intermediária e alas. Uma boa dor de cabeça para Fernando Santos que quer certamente repetir o êxito do último Europeu. À luz das análises que fomos publicando, deixamos como exercício meramente recreativo, uma hipotética convocatória do Selecionador Nacional.

 

Guarda-Redes: Rui Patrício, Anthony Lopes e Beto

Defesas: Cédric, João Cancelo, Pepe, José Fonte, Bruno Alves, Luís Neto e Raphael Guerreiro.

Médios: William Carvalho, Danilo Pereira, João Moutinho, Adrien Silva, João Mário, André Gomes, Bernardo Silva, Ricardo Quaresma, Gonçalo Guedes e Gelson Martins.

Avançados: Cristiano Ronaldo, André Silva e Nélson Oliveira.

 

Deixe o seu comentário

bomfutebol