-- ------ França 1 x Bélgica 0 - (Meia-final) – Mundial 2018 - Bom Futebol
Bom Futebol

França 1 x Bélgica 0 – (Meia-final) – Mundial 2018

França 1 x Bélgica 0 – (Meia-final) – Mundial 2018

No confronto entre franceses e belgas, esperava-se um excelente espetáculo de futebol com duas equipas que têm jogado muito BomFutebol com um teste à fibra e capacidade de ambas as equipas frente a adversários de outro nível…

Figura 1 – Onzes iniciais

Na primeira meia-final, as equipas apresentaram-se em campo de acordo com o esperado, com a Bélgica a assumir um 3-5-2, que se convertia num 4-5-1 em processos defensivos, e uma França num 4-5-1, esperando-se uma intensa batalha a meio-campo. Essa batalha foi, de facto, intensa mas o jogo não foi enfadonho e ambas as equipas ofereceram um excelente espetáculo.

Os primeiros 10 minutos permitiram às equipas perceber como iria jogar o adversário, tendo o jogo subido de intensidade a partir do quarto de hora, com a bola a chegar cada vez mais perto das respetivas balizas. Apesar da França ter conseguido chegar mais vezes à área, foi a Bélgica, através de Hazard, a criar perigo, primeiro rematando muito perto do poste e depois a rematar para corte de cabeça de Varane, num remate que levava selo de golo. Pavard tinha muita dificuldade em controlar Hazard, que se destacava perante um de Bruyne muito apagado.

Neste fase, a Bélgica controlava as operações e quase marca novamente por Alderweireld, com Lloris a fazer a defesa do jogo, após remate do defesa belga à meia volta. A França parecia presa no seu próprio meio-campo, mas tinha Mbappé, Griezmann e Giroud no ataque, que, à passagem da meia hora, começaram a fazer estragos.

Mudança chave

As 2 perdidas de Giroud, que assistido quer por Pavard quer por Mbappe, não conseguiu dar o melhor caminho à bola, revelavam que a França estava a aproveitar a verticalidade do seu jogo para ultrapassar a questão de não conseguir vencer o meio-campo belga, com Witsel e Fellaini a fazerem muito trabalho, quer defensivo quer ofensivo, mas a verdade é que Courtois começou a aparecer no jogo…

Ao intervalo, registava-se um nulo num jogo bem disputado com uma ligeira ascendência para a Bélgica. Apesar de uma nova boa entrada da Bélgica, foi a França a chegar à vantagem após um canto em que Umtiti se antecipa a Fellaini e cabeceia ao primeiro poste. Após este lance e associado a uma subida em campo de Matuidi, a França começou a controlar as operações, tendo a Bélgica demonstrado muita dificuldade em pegar no jogo a partir desse momento.

Até ao final, a Bélgica revelou-se incapaz de abrir a defesa francesa e sentia-se cada vez mais que só um acaso roubaria a final à França. Com apenas Hazard a mostrar-se inspirado, foi difícil para os belgas criar perigo e tirando um ou outro lance esporádico, após o golo francês, pouco perigo criaram. Fica para a história a golo de Umtiti, manchando um excelente jogo de Fellaini, e a magia de Hazard, que merecia mais que a Bélgica de hoje.

Deixe o seu comentário

bomfutebol
Cópia não permitida! Conteúdo protegido por direitos de autor.