-- ------ França 4 x Croácia 2 (Final) - Mundial 2018 - França campeã do mundo
Bom Futebol

França 4 x Croácia 2 (Final) – Mundial 2018 – França campeã do mundo

França 4 x Croácia 2 (Final) – Mundial 2018

Numa final fabulosa, foram os franceses, terrivelmente eficazes, a levarem o ceptro para Paris. Croatas jogaram a bom jogar, mas tiveram muitas adversidades

 

1. Entrada forte croata e… golo francês. Final ao rubro bem desde o seu começo!

Imagem 1- Didier Deschamps e Zlatko Dalić apresentaram os seus onzes «máximos» no encontro mais importante dos últimos quatro anos do calendário futebolístico mundial. Fonte: Fifa

Entrada mais corajosa no jogo por parte da Seleção Croata. Com mais dínamo, mais ímpeto. Assumindo, claramente, a importância do momento. França mais retraída, calculista, mas concentrada e claramente no jogo.

Os croatas dispunham de mais bola, o pressing alto ia fazendo efeito e por algumas vezes geraram algum frisson na área gaulesa. Estavam melhor os Vatreni na partida.

Até que, contra a corrente do jogo, em cima do minuto 18, Griezmann ganha uma falta, ele próprio bate o livre e… mais um autogolo neste Campeonato do Mundo! Mario Mandžukić deu um toque para… a baliza errada. Falta de sorte para os croatas e 1-0 no marcador para a Seleção Francesa, no primeiro lance de perigo gerado pelos franceses.

 

Imagem 2- Infelicidade para a Croácia. Momento em que Mandžukić «penteou» a bola e… entrou na sua baliza. Fonte: Fifa

 

2. Croatas não desarmam e… respondem ainda antes da meia hora!

Os croatas procuraram responder, logo a seguir, também de livre. Vida soltou-se bem da marcação, mas o cabeceamento não saiu bem. Mostravam não sofrer com o golo improvável os croatas…

Tanto não sofreram que… acabaram mesmo por empatar! Em cima dos 28 minutos, Ivan Perišić, apanhando uma carambola após um livre estudado por parte dos croatas, trabalhou bem o esférico e, com um remate sensacional, cruzado, não deu quaisquer hipóteses a Hugo Lloris! 1-1 ainda nem a meia hora tinha chegado. Final verdadeiramente assombrosa! Melhor era impossível…

Imagem 3- Com um excelente trabalho, Perišić recolocou tudo como estava e deu (minimamente) justiça ao que se passava em Moscovo. Fonte: Fifa

 

3. Primeira parte de loucos não tinha fim e… França retomava liderança!

O ritmo intenso não cessava e, aos 34′, Perišić desvia com a mão uma bola proveniente de um canto francês. Nestor Pitana, avisado pelo videoárbitro, assinalou grande penalidade para Les Bleus. Antoine Griezmann foi chamado à conversa e, no frente a frente com Danijel Subašić, enganou o guardião croata. Subašić para a esquerda e esférico para o seu lado direito. França retomava a vantagem no marcador, sem que nada o tenha feito para merecer.

Imagem 4- Griezmann não falhou no momento da verdade e voltou a colocar a sua Seleção na frente do marcador. Final de estalo! Fonte: Fifa

Até final do 1.º tempo, assistiu-se a mais um ataque em bloco por parte dos croatas à área francesa, mas sem efeitos práticos. 2-1 ao intervalo, um resultado muito injusto face ao que cada uma das equipas produziu dentro das quatro linhas. Os deuses estavam vestidos de azul…

 

4. Segundo tempo inicia igual ao primeiro e… França aumenta contagem.

E logo o segundo tempo iniciou… louco! Ante Rebić, à entrada do minuto 47, disparou para grande defesa de Hugo Lloris. A mão esquerda do guardião francês segurou a vantagem da sua Seleção trazida do 1.º tempo. Final de sonho, com múltiplas oportunidades a sucederem-se. Lloris saiu bem quando Perišić já estava prestes a isolar-se, Mbappé, na sua primeira grande arrancada, esteve perto do golo e a toada dominante por parte dos Vatreni ia-se mantendo, com os franceses na constante expetativa de transitar venenosamente.

Foi numa dessas transições que acabou mesmo por conseguir aumentar a contagem. Pogba rematou, a bola sobrou para si próprio e, à segunda tentativa, deixou Subašić pregado ao chão. 3-1 para os franceses quando estavam finalizados 2/3 do tempo regulamentar.

Imagem 5- Pogba insistiu e… fez o 3-1. Fonte: Fifa

O terceiro golo mexeu com a Croácia, os franceses estavam claramente por cima e, aos 65′, num grande remate à entrada da área, K. Mbappé escreveu a ouro o seu nome na lista de marcadores desta grande final. 4-1 para os gauleses, sentença lida!

Imagem 6- Mbappé, com este potente disparo, arrumou questão… Mundial. Fonte: Fifa

 

5. Ainda houve mais numa final… histórica

Logo a seguir, aos 69′, um golo caricato! Lloris tentou driblar Mario Mandžukić e o avançado da Juventus… tocou para o golo. 4-2 no marcador, num jogo que ia tendo de tudo! Indescritível!

Imagem 7- Mandžukić aproveitou asneirada monumental de Lloris e redimiu-se do autogolo no primeiro tempo. Ainda reacendeu alguma esperança para a sua Seleção… em vão. Fonte: Fifa

O jogo, contudo, amainou um pouco (difícil era prosseguir a tal ritmo), manifestando os croatas alguma quebra física. Aos 77′, Rakitic tentou o golo. O esférico passou muito perto do poste esquerdo da baliza à guarda de Lloris. Os franceses iam apostando numa organização defensiva em bloco baixo, deixando a nu as fragilidades evidenciadas pelos croatas para furar o bloco bleu. Dalić, entretanto, apostou tudo ao colocar Pjaca por Strinić, mas a toada do jogo caiu naturalmente.

França campeão do mundo de futebol, acabando por suplantar os Vatreni, que, em jogo jogado, foram bem superiores à Seleção Gaulesa. Os franceses acabam por redimir-se da derrota de há dois anos na final do Europeu diante da Seleção Portuguesa. Geração dourada esta, que promete não ficar por aqui. A copa foi para Paris e Deschamps entrou no restrito lote de vencedores como treinador e jogador (em 1998).

Imagem 8- Deschamps (à esquerda) para a eternidade. Campeão do Mundo como jogador e treinador. Teve, por isso, influência decisiva nos dois títulos franceses. Fonte: Fifa

20 anos depois, o mundo ficou banhado de bleu. Final estupenda, plena de golos (que nem é hábito em jogos desta índole), emotiva e cheia de Bom Futebol. França x Croácia, 15 de julho de 2018, um jogo que ficará na memória eterna do futebol mundial.

Imagem 9- Pogba no centro do… mundo. Fonte: Fifa

 

Prémios:

Bola de ouro (melhor jogador): Luka Modrić

Luva de ouro (melhor guarda-redes): Thibaut Courtois

Bota de ouro (melhor marcador): Harry Kane

Melhor jogador jovem da competição: Kylian Mbappé

Fair-play (equipa): Espanha

Imagem 10- Modrić e Mbappé foram as estrelas das suas respetivas Seleções. Fonte: Fifa

Deixe o seu comentário

bomfutebol
Cópia não permitida! Conteúdo protegido por direitos de autor.