-- ------ O Gigante adormecido em campo! - Vitória Sport Clube - Bom Futebol
Bom Futebol

O Gigante adormecido em campo! – Vitória Sport Clube

Vitória

O Gigante adormecido em campo! – Vitória Sport Clube

A noite de segunda ficou marcada por uma deslocação do Vitória a um terreno que costuma ser um Mini Dom Afonso Henriques nas bancadas, onde os Vitorianos costumam em conjunto criar uma atmosfera de Segunda casa.

Aliado a este fato, a tradição refere que o Vitória em Moreira de Cónegos costuma ganhar os jogos que lá faz, e assim sendo, previa-se que mais uma vez, fosse o Vitória a sair vitorioso da partida, perante um Moreirense a precisar desesperadamente de pontos.

Uma entrada apática da equipa Vimaranense aliada a um erro de Douglas deu a possibilidade a Cádiz de marcar o 2º golo na Liga NOS, o que para um ponta de lança titular na sua equipa, é claramente pouco. O Vitória tremeu e apagou completamente até ao intervalo, sendo apanhado num contra-ataque e mostrando claramente que a noite gélida de Segunda Feira ia ser mais uma desilusão numa época em que Direção, Equipa e Jogadores, não estão capazes de corresponder aos seus adeptos.

Feliz de quem via o Vitória na época passada, com Marega, Tiquinho ou Hernâni, que pertecem todos agora a um Porto que lidera o campeonato e que já durante a semana tinha demolido a equipa dos branquinhos por 4-0.

Triste o fato de Pedro ter feito poupanças e não ter continuado a acreditar que este ano poderia haver os panados no Jamor, sendo que o melhor jogador acabou por até ser Sturgeon (imaginem bem!)!

Voltando a Moreira:

Voltando a Moreira, Pedro colocou Kiko e Rafael Martins com o claro interesse de dar a volta à partida e voltar a ganhar consistência ao meio campo, que a meu ver foi bem recuperado (o Vitória sufocou o Moreirense com 11), contudo surgiu outra contradição.

O Vitória displicente como já nos tem habituado e com fragilidades defensivas mostra que os 13 milhões de investimento, aliadas às palavras de Júlio Mendes no inicio da época não são mais que falsas promessas (o que não seria necessário, caro Presidente). Os Vimaranenses aceitam tudo, até que lhes digam que vai demorar mais tempo a construir uma equipa para chegar lá acima ao patamar da classificação (sim temos esse objetivo), mas não gostamos que nos façam promessas e não as cumpram.

A verdade é que o Vitória voltou a perder, perdendo também a possibilidade de se chegar um pouco mais perto dos lugares europeus e aliando a esse fato, deixou fugir o seu rival direto que mostra estar bem mais forte este ano, com uma época bem planeada e com um plantel de qualidade.

Assim sendo, no apagão que se deu em Santa Maria da Feira no sábado, no jogo do Feirense-Vitória FC, os jogadores do Vitória fizeram o mesmo na primeira parte na Moreira e chegaram atrasados ao jogo 45 minutos.

24 golos sofridos e displicência no ataque

De Bom Futebol pouco se viu verdade seja dita e já estamos a 8 pontos do SC Braga e a 4 do Marítimo, a questão que se coloca é, “será que os adeptos do Vitória merecem isto mais tempo?”, pelo que se viu nas bancadas e o forte apoio que foi dado, claramente que não meus caros.

São agora 24 golos sofridos, displicência no ataque com apenas 19 marcados e os adeptos vão sobrevivendo a uma época mal planeada, somos (Valentes) filhos de (Afonso) e dignos de amor, mas tudo tem um fim e em Março será (a hora?) do adeus??

Deixe o seu comentário

bomfutebol
Powered by Live Score & Live Score App