-- ------ Hugo Vieira, peito de golo - Bom Futebol
Bom Futebol

Hugo Vieira, peito de golo

Hugo Vieira, Peito de Golo – Meiji Yasuda J1 League.

Hugo Vieira soma nova concretização e ajuda o Yokohama F Marinos ao quarto triunfo consecutivo. Os seis primeiros ganharam. Omiya Ardija sai da zona de despromoção com nova vitória, Consadole Sapporo vai no sexto desaire seguido.

Fonte: hochi.co.jp

Yokohama F Marinos 2-0 Vissel Kobe

Era uma importante recepção, esta ao Vissel Kobe, e o Yokohama F Marinos não vacilou e somou a quarta conquista consecutiva, mantendo-se na perseguição ao topo da tabela.

Manabu Saito estava endiabrado e Nakamachi também exibia dotes superiores de qualidade. Amano brilhava nas bolas paradas, boa precisão, mas não conseguiam os companheiros dar melhor fim às suas batidas.

Não vinha para ser subserviente o Vissel e Iikura foi obrigado a brilhar para impedir que os forasteiros se adiantassem na contagem.

Martinus funciona bem com Hugo Vieira e a restante equipa. Uma combinação pela meia esquerda observa o dianteiro de Curaçao combinar com o ofensivo lateral esquerdo Yamanaka, um bom reforço de 2017 para o F Marinos, a dar na área e o veterano Nakamachi a concretizar com sucesso. Aos 47 minutos os da casa abriam o marcador.

Continuava a carregar o F Marinos, Martinus e Hugo Vieira em combinação, o barcelense a ter um 1×1 com o sul-coreano Kim, que lhe nega o 2-0.

Sempre esforçado e trabalhador, Hugo Vieira está na ajuda à linha defensiva, recupera a bola, a equipa perde-a novamente, volta a conquistá-la, esta é lançada no espaço e o avançado minhoto cavalga rumo à baliza contrária, Kim ainda faz a mancha, contudo a bola ressalta no português, que ‘peita’ para o golo.

Nas bancadas do Nissan já balançam e abanam as bandeiras portuguesas.

Kashiwa Reysol 2-1 Consadole Sapporo

Depois do empate na passada ronda, o Reysol voltou a vencer. Foi perto do intervalo que Taketomi caiu e o juiz assinalou grande penalidade, concretizada por Cristiano. Os ‘Canarinhos’ iam para a pausa com vantagem. Os visitantes viam a sexta derrota de enfiada aproximar-se.

Yomoda deu uma boa lição nos balneários e o Consadole entrou no segundo tempo de forma pujante e a criar apuros a Nakamura, que soma mais um encontro a brilhar nas redes do Reysol.

Fonte: tsuiran.jp

Um livre directo de Jonathan Reis fura a barreira do ‘Hitachi’ e a partida fica igualada.

Foi necessário aguardar pelos 88 minutos para nova explosão de alegria no Hitachi. Num duelo apenas com tentos brasileiros, foi o suplente utilizado Diego Oliveira a garantir os três pontos ao líder da J1 League.

https://www.youtube.com/watch?v=tDqu9MpCquc

Vegalta Sendai 2-4 Cerezo Osaka

Duas estrelas do futebol nipónico, ambos já com experiência europeia, engendraram o golo inaugural. Hiroshi Kiyotake tem uma abertura genial para Kakitani, que culmina o passe com melhor conclusão. Aos 16 minutos já o vice-líder estava na frente.

Nova jogada de qualidade colectiva, passe de Sugimoto e Yamamura recebe, vira, bate, o recém-retornado à J1 League demonstra muita classe de jogo.

A resposta surge numa igualmente boa movimentação colectiva, concretizada por Ishihara. Ao intervalo o 1-2 era o desfecho no marcador.

Yoon tem a equipa muito bem mecanizada e Yamashita conclui o 1-3 antes da hora de jogo em jogada que envolve meia equipa do Cerezo.

Quase na resposta, Crislan sai da área e assiste bem Nishimura para nova redução de contagem.

A esquerda carbura de forma magistral e Souza obriga Schmidt a intervenção de recurso. Yamaguchi surge à entrada da área e saca um remate bombástico para o 2-4 final.

Kashima Antlers 2-0 Albirex Niigata

O campeão está de volta ao pódio após o triunfo face ao Albirex.

A equipa de Wagner Lopes criou problemas ao Kashima, enviou uma bola com estrondo à barra ainda com tudo a zero. Foram várias as situações criadas pelos visitantes, acabando por ser um resultado injusto face ao produzido pela equipa que está em zona de despromoção.

Um canto perto da hora de jogo, vê Yamamoto subir bem alto, cabecear a contento, Morita bloca, o defesa no primeiro poste é pouco lesto a afastar e Pedro Júnior, letal, faz o 1-0.

O sul-coreano Song oferece depois a Pedro Júnior a oportunidade do 2-0, mais um erro crasso do central do Albirex.

Acaba por ser Leandro, a passe de Pedro Júnior, quem alivia as bancadas com o 2-0. O Kashima necessita de produzir mais para voltar a conquistar o campeonato, está a atravessar uma fase menos conseguida.

Gamba Osaka 1-1 Kawasaki Frontale

Quem se atrasou nesta luta pelos lugares cimeiros foram Gamba e Frontale, que se empataram mutuamente.

A lentidão do brasileiro Fábio Aguiar e seus companheiros de defesa, permitiu a fácil troca de bola pelos visitantes dentro da área e o autogolo do canarinho.

O melhor que a equipa da casa conseguiu foi igualar a um, com Nagasawa a cabecear bem para um centro de Ideguchi.

Jubilo Iwata 2-0 FC Tóquio

Num duelo entre vizinhos na tabela, o Jubilo Iwata vê o eterno Nakamura voltar a brilhar. É ele quem brinca na direita com os adversários, se recria com a bola até encontrar Kawabe, que centra para a área, falha Hayashi a saída e Kawamata abre o marcador logo aos 11 minutos.

Apenas milagres impediram o Jubilo de aumentar o avanço durante o encontro, mas tal estava prometido.

Volta a ser Kawabe no passe decisivo, agora para o brasileiro Adailton concretizar. O Jubilo Iwata ultrapassa o FC Tóquio na tabela.

Sagan Tosu 2-1 Urawa Reds

As oportunidades sucederam-se por todo o desafio. Apenas aos 65 minutos, contudo, se vêem mexidas no marcador e é Ono a abrir a contagem para os da casa.

Uma perda de bola defensiva em cima dos 90 minutos permite a Fukuda apontar o 2-0.

Tadanari Lee reduz de grande penalidade nos descontos, mas é o Sagan Tosu a vencer, igualando os Red Diamonds na tabela.

Shimizu S-Pulse 1-0 Ventforet Kofu

Empatados na tabela à partida para este encontro, foi a formação da casa a querer vencer de forma bem mais evidente. Apertou, acelerou, procurou, mas parecia que tal não iria suceder.

Futami foi o autor do único tento da partida, aos 60 minutos, permitindo ao S-Pulse nova vitória.

Sanfrecce Hiroshima 0-3 Omiya Ardija

Os visitantes somam novo triunfo e saem finalmente da zona de descida. Já o Sanfrecce continua em área vermelha da tabela.

O resultado é enganador e dois dos três golos visitantes apenas acontecem nos descontos.

Apesar do domínio dividido, até foi a formação de Hiroshima a causar mais calafrios aos rivais, no entanto é Esaka a dar avanço aos forasteiros, decorridos 61 minutos de encontro.

Matsui mostrava-se um monstro na baliza do Ardija.

Uma aceleração notável do suplente Mateus, aos 93 minutos, garante o 0-2.

Finalmente, uma saída rápida vê Watabe concretizar o 0-3 aos 95 num resultado bem enganador.

Deixe o seu comentário

bomfutebol
Powered by Live Score & Live Score App