-- ------ O Guarda-Redes - Bom Futebol
Bom Futebol

O Guarda-Redes

Guarda-Redes

O Guarda-Redes

A sua função é impedir que a bola entre na baliza da sua equipa. Mas será, hoje em dia, apenas essa a sua função? Com jogos tão equilibrados e defesas trabalhadas ao milímetro, o seu papel é cada vez mais fundamental no futebol moderno. Mas não só nas acções defensivas um guarda-redes se destaca. Cada vez mais é mais um elemento da equipa em todos os momentos do jogo (sejam eles defensivos ou ofensivos).

É claro que é difícil encontrar um guarda-redes “perfeito” em todos esses momentos. Temos aqueles que são formidáveis no controlo da profundidade, outros incríveis nos deslocamentos o que os faz parecer estar sempre no sítio certo, aqueles que brilham entre os dois postes e os que são imperiais em bolas aéreas. Cada vez mais a reposição de bola tem sido um assunto em voga muito devido ao “nosso” Ederson que deixou o campeonato português no último defeso e brilha em terras de Sua Majestade.

Mas estas capacidades são muitas vezes secundadas quando aquilo que interessa é a bola que entra e nunca aquelas que foram defendidas, muitas vezes com graus de dificuldade elevadíssimos. Só quem nunca se submeteu à “tortura” que é defender uma baliza (seja num jogo de bairro ou no jogo mais importante do mundo) é capaz de criticar um guarda-redes. Todos nós que amamos esse papel sabemos a coragem que é preciso ter, aliada até com alguma loucura. Não esqueçamos que dizem que todos os guarda-redes são loucos. Ser guarda-redes é ser contra a essência do futebol – os golos.

Experiência Própria

Nunca esquecerei o primeiro dia que fui treinar. Tinha 8 anos e assim que retirei as luvas no final, soube que tinha encontrado a minha paixão. Daí até agora nunca parou de crescer e só nós sabemos o gosto que dá “aquela” defesa ou intervenção importantes no decorrer de um jogo. Também só nós sabemos o que nos custa cada lance que abordamos de forma errada e como consequência sofremos golo, o quão forte é preciso ser para ultrapassar isso no momento, continuar ligado ao jogo e depois sim analisar o que levou a essa decisão errada.

Sabemos que vamos ser muitas mais vezes réus do que heróis, mas estamos preparados. O árduo trabalho que realizamos nos treinos é muito superior às acções que são realizadas em jogo. Com todo o respeito, trabalhamos como mais ninguém o faz.

Nesta posição específica o lema é sem dúvida: “Treino difícil, jogo fácil”.

Deixe o seu comentário

bomfutebol
Powered by Live Score & Live Score App