-- ------ Perdidamente nós, Vitorianos! - Adepto Vitória Sport Clube - Bom Futebol
Bom Futebol

Perdidamente nós, Vitorianos! – Adepto Vitória Sport Clube

Perdidamente nós, Vitorianos! – Adepto Vitória Sport Clube

Escrevia Florbela Espanca, que “é amar-te assim, perdidamente, é seres alma, e sangue, e vida em mim e dize-lo cantando a toda a gente!”.

Acho que este tema, cantado outrora pelos Trovante, mais propriamente por Luís Represas e João Gil, não poderia descrever melhor esta época do Vitória Sport Clube. Após 47 Jogos, 82 Golos sofridos e apenas 64 tentos conseguidos, um mísero 9º lugar, uns oitavos de Final da Taça que nos deixaram todos a querer mais, uma Fase de Grupos da Liga Europa que parecia acessível e uma Fase de Grupos da Taça da Liga, onde a obrigação era a ganhar, chegamos ao último jogo com um amargo de boca tão grande que desejávamos que terminasse o mais rapidamente possível.

Mas, mesmo assim, estivemos lá até que o árbitro soasse o último apito, o alívio de uma dor que nos preencheu semana após semana. Acho que infelizmente, já nos tínhamos habituado a esta dor, que espero sinceramente que desapareça na próxima época, porque custa ver o Vitória assim. É a hora de repensar, de erguer a cabeça, de planear o mais rapidamente possível a próxima época. A hora de delinear transferências, quem fica e quem sai, de quem é bom, de quem tem o que é preciso para mostrar em campo, aquilo que os adeptos mostram na bancada, de limar arestas, redefinir estratégias, mudar o paradigma.

Recomeçar do Zero

Mas mais que isso, é a hora em que tudo deve recomeçar do zero, a hora de reflectirmos e repensarmos cada vez que um nome vier à tona, porque esse nome, esse jogador, vai representar o nosso Vitória. Por isso e porque sou um apreciador de futebol (quem me conhece sabe que não perco um jogo da Liga e de outras ligas), deixo aqui alguns nomes e valores que podiam representar o Vitória de uma forma digna e suarem a camisola para ganharmos jogos, começando por Fabrício do Portimonense, um jogador com uma grande qualidade.

Christian, Nacional da Madeira, um pulmão e motor enorme, Gonçalo Silva, Belenenses, um central que me despertou interesse há algum tempo, mas fez uma época excelente e gostava de o ver jogar no nosso Clube. Tomané, Tondela, combativo, devia voltar e por último, Davidson, Chaves, um jogador que me intrigou e que acho que causaria bastantes dificuldades nas defesas contrárias.

Claro que Peseiro não irá fazer parte desta nova época e o Vitória deverá anunciar até lá Miguel Cardoso a meu ver para o cargo, a mudança é exactamente aquilo que o Vitória precisa, mas o Vitória precisa de muito mais que isso. Precisa de Bom Futebol, de um futebol vistoso, em que a bola se jogue para a frente e não para trás, que os jogadores procurem linhas de jogo, modelos ofensivos e defensivos, que corram. Mas mais que isso, é necessário sentir o Clube, que os jogadores que cheguem, olhem bem para vídeos, para o Estádio, para a Cidade, para todos os jogadores que já fizeram tanto pelo Vitória e digam, “Este é o momento de brilhar!”

2 Meses apenas

A época acabou, a nova começa dentro de 2 meses, um pouco mais, é tempo suficiente para sentar à mesa, observar, pensar o que correu mal e corrigir. Mais que isso, é tempo de avançar com novidades, de avançarmos com um marketing diferente, de avançarmos com a APP do Vitória Live quem sabe, de apostarmos na novidade, no chegar mais próximo ao adepto, de sermos mais do povo e não tão longe, de sermos um só e não divisões, de sermos amados e não maus amantes, de sermos Vitória e não sermos apenas mais um Clube qualquer.

Para qualquer Vitoriano, quando se fala no Vitória, o mesmo sorri, o mesmo diz que é orgulhosamente Vitoriano, mas mais que isso, que é orgulhosamente defensor do Rei. Para o ano, esperemos ter defensores do símbolo, que no final sejam amados em campo como nós nos amamos na bancada, porque nós, Vitorianos, amamos perdidamente o nosso Clube, amamos nos bons e maus momentos, para toda a vida, mas gostamos bastante que as promessas não sejam em vão, que os erros sejam calculados e sim, somos amantes incondicionais e perdidamente deste símbolo. Pelo Vitória? Sempre, Saudações Vitorianas e umas óptimas férias, que Portugal nos orgulhe no Mundial, porque Berço, só há um, o nosso, o de Guimarães, o do Vitória Sport Clube!

Deixe o seu comentário

bomfutebol