-- ------ Play-off da Liga dos Campeões para apostador ver, apostar e... ganhar
Bom Futebol

Play-off da Liga dos Campeões para apostador ver, apostar e… ganhar

Play-off da Liga dos Campeões para apostador ver, apostar e… ganhar.

O play-off da Liga dos Campeões será a derradeira oportunidade para abrir caminho… aos apetecíveis milhõ€s. Vinte equipas, dez vagas, dez pelejas de peso.

Muitos artigos já foram feitos sobre a Champions League, mas nenhum sobre esta fase muito específica. Chegou a derradeira fase da caça aos milhõ€s.

 

1. Histórico – play-off 2013/14

play-off 2013/14 foi o que mais se aproximou da média patenteada nas últimas 4 temporadas. Mais jogos com -2,5 golos na 1.ª mão e mais jogos com +2,5 tentos no 2.º e derradeiro desafio. Mais empates também na 1.ª mão e tendencialmente menos na 2.ª. Destaque, também, para a presença inédita do Paços de Ferreira, tendo sido o representante nacional nessa temporada.

Fase de grupos para o inexperiente Paços de Ferreira não passou de um sonho.

Imgem 1 – Play-off 2013/14 da Liga dos Campeões foi espelho do que costumam ser os golos e número de empates nesta fase. Fonte: wikipedia.

Dados:

1.ª mão (-2,5 vs +2,5):                2.ª mão (-2,5 vs +2,5):

* vs 4                                        * vs 6

Empates: 3                                Empates: 1

 

2. Histórico – play-off 2014/15

Em 2014/15, o representante português FC Porto cumpriu a sua missão sem um golo sofrido. O destaque, porém, foi o anormal número de jogos com -2,5 golos na 1.ª mão. Nada mais nada menos do que 8 jogos com 2 ou menos golos e um elevado número de igualdades: 5.

Representante português FC Porto ultrapassou franceses do Lille sem espinhas.

Imagem 2 – Play-off da temporada 2014/15 teve 1.ª mão atípica. Fonte: wikipedia.

Dados:

1.ª mão (-2,5 vs +2,5):                2.ª mão (-2,5 vs +2,5):

* 8 vs 2                                        * vs 6

Empates: 5                                 Empates: 0

 

3. Histórico – play-off 2015/16

2015/16 foi a única época em que houve mais jogos com +2,5 golos na 1.ª mão. De resto, foi também nesta temporada onde houve mais jogos com +2,5 tentos na 2.ª mão. Um ano, então, com mais golos do que o habitual.

Representante português caiu no play-off nesta temporada.

Imagem 3 – Sporting saiu derrotado do play-off em 2015/16, tendo sucumbido perante o CSKA de Moscovo. Ambos os jogos em que os leões estiveram envolvidos tiveram +2,5 golos. Fonte: wikipedia.

Dados:

1.ª mão (-2,5 vs +2,5):                2.ª mão (-2,5 vs +2,5):

* 4 vs 6                                        * vs 7

Empates: 1                                 Empates: 3

Doumbia 'derrotou', em 2015/16, o agora 'seu' Sporting.

Imagem 4 – Atualmente no Sporting, Doumbia foi um dos grandes responsáveis pela queda do leão para a Liga Europa. Fonte: maisfutebol.

 

4. Histórico – play-off 2016/17

O play-off da última temporada foi o único (das 4) que teve mais jogos com -2,5 golos na 2.ª mão. De resto, a esse nível a 1.ª mão acompanhou tendência instituída.

2.ª mão com menos golos do que o habitual foi nota dominante.

Imagem 5 – Na temporada transata, FC Porto acompanhou tendência de -2,5 golos na 1.ª mão e +2,5 na 2.ª. Fonte: wikipedia.

Dados:

1.ª mão (-2,5 vs +2,5):                2.ª mão (-2,5 vs +2,5):

* 6 vs 4                                        * vs 4

Empates: 3                                 Empates: 4

 

5. Médias (e totais) das últimas 4 temporadas e tendências bem salientes

Totais

-2,5 +2,5

1.ª mão

24

16

2.ª mão

17

23

Empates (1.ª mão)

12

Empates (2.ª mão)

8

 

Médias

-2,5

+2,5

1.ª mão

60%

40%

2.ª mão

42,5%

57,5%

Empates (1.ª mão)

30%

Empates (2.ª mão)

20%

 

Através dos dados, conclui-se que há tendencialmente mais jogos com -2,5 golos na 1.ª mão+2,5 tentos na 2.ª. Quase que em simetria invertida, o que não deixa de ser normal. É 2.ª mão mas também é de tudo ou nada para as equipas. Logo, descomplexam-se mais na busca do golo e, por conseguinte, expõem-se também mais.

Os dados mostram-nos igualmente que, por norma, há mais empates nas primeiras mãos. Em média, são 3 em cada 10 jogos. Na segundas mãos, em cada 10 por norma há menos um, isto é, 2.

 

6. Play-off 2017/18, breve olhar

Os representantes de Itália (Nápoles) e França (Nice) são uma das grandes atrações para este play-off da Champions League. Os napolitanos, ainda que não tenham jogado qualquer jogo oficial, partem como grandes favoritos à passagem à fase de grupos. Não só por terem uma equipa construída há alguns anos, num trabalho de autor de excelência por parte de Maurizio Sarri, como também pelo mau início de época do Nice. Os franceses ainda não somaram qualquer ponto na Ligue 1 (com duas jornadas decorridas).

Tal facto explica-se pela razia no plantel (Dalbert, Ricardo Pereira,…) e, em cima disso, algumas ausências (por exemplo, Balotelli). Les Aiglons somam dois empates e duas derrotas em jogos oficiais esta temporada, ainda que duas igualdades saborosas. Permitiram, devido aos golos fora, estarem presentes nesta fase, ultrapassando o vice-campeão holandês e finalista da Liga Europa Ajax. A expetativa é grande para este duelo.

Hoffenheim e Liverpool também geram grandes perspetivas. Apesar de o Hoffenheim ainda não ter disputado qualquer encontro oficial, espera-se uma turma forte, à imagem da temporada transata. Julian Nagelsmann prossegue no comando técnico da equipa e isso é um dado a ter em conta.

O Liverpool, por seu turno, continua igual a si próprio. Uma equipa de vertigem, de risco, de… espetáculo. Plena de qualidade. É isso suficiente? Claro que não. Os ingleses terão de palmilhar muito para passarem à fase de grupos.

As últimas 10 vagas para a fase de grupos da Liga Milionária.

Imagem 6 – Aguarda-se com grande expetativa os jogos do play-off desta temporada. Nápoles x Nice e Hoffenheim x Liverpool são os (teóricos) cabeças de cartaz. Fonte: wikipedia.

 

6. Sporting, o representante português

No que toca ao representante lusitano, defrontarão os leões o vice-campeão romeno em 2016/17. O histórico Steaua de Bucareste, que se encontra na 3.ª posição da sua Liga passadas que estão 6 jornadas.

Os sportinguistas partem com todo o favoritismo. A força do futebol romeno de outrora anda por parte incerta e as diferenças de qualidade são significativas. Não obstante, falamos de dois jogos que mexem com muito dinheiro. Como tal, há por parte dos clubes um «mexer» especial com os jogadores, precisamente pela importância (monetária) do encontro.

Um dado interessante a ter para o jogo é o facto do Steaua ter marcado sempre (!) nos 8 jogos oficiais que leva esta época (os tais seis da Liga mais dois referentes à 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões – tendo ultrapassado os checos do Plzen). Dado não menos interessante é também o facto do Steaua ter sofrido golos em 7 dos 8 jogos que participou. As perspetivas de +2,5 golos são, por isso, prometedoras.

 

Autor: André Rodrigues

Deixe o seu comentário

bomfutebol
Powered by Live Score & Live Score App