-- ------ Quanto Vale Um Jogador? - www.bomfutebol.pt - Bom Futebol
Bom Futebol

Quanto Vale Um Jogador?

Quanto Vale Um Jogador?

O Jogador e a Sua Importância

A exposição centra-se especificamente no valor de um jogador, tanto em termos económico-financeiros como em termos sociais. Tentar perceber se o jogador é sub ou sobre valorizado no que respeita à sua presença no quotidiano.

Parece-me que, do ponto de vista abstrato, o valor de um jogador de futebol é reduzido, isto é, trata-se de um ser humano em que a ideia de existir passa por tentar acertar com um objeto (bola) num alvo, vulgo baliza, usando qualquer parte do seu corpo, com exceção dos membros superiores. Desconstruído assim parece um tanto ridículo, como é possível um indivíduo com este conjunto de skills, aparentemente limitados, conter nele um tão grande número de atenções, exposição, dinheiro, interesse, etc.

Acontece que estamos perante uma exposição de inteligência, a chamada inteligência prática ou funcional, complementar da inteligência lógica, esta tão valorizada nos bancos da escola, que permite, quando se juntam vários jogadores cumprindo as leis do jogo de futebol, expressar aquela coreografia individual, chamemos-lhe técnica, e coletiva, chamemos-lhe tática ou estratégia, que absorve a nossa atenção e permite comtemplar um fenómeno que está tão distante, quando é bem executado, que quase nos faz apreciar o mesmo pelo simples fato de não sermos capazes de o realizar. Resta-nos admirar e comtemplar o jogo, com os seus intervenientes, como extensão do nosso querer, o jogador vale por isto, pela possibilidade de dar aquilo que nós não conseguimos, de ser o que não somos.

Elevar um ser humano ao estatuto de ídolo/herói personifica a necessidade de transcendência a que todos almejamos, o conseguir “estar” e “fazer”, o projetar da volição no jogador como extensão (passo o pleonasmo) da necessidade de sermos cada vez “mais” e “melhor”, para lá do seu impacto financeiro, tem o seu impacto emocional.

Por tudo isto faço da minha crença regra universal: o impacto do jogador de futebol transcende o próprio, o êxito deste é considerado o nosso, e isto é sentir-se parte de algo, é exportar a vontade, a emoção e o “acreditar” na competência.

Este conjunto de “artifícios” mentais e emocionais fazem do BOM FUTEBOL, e dos seus protagonistas, valer sempre mais do que estamos, quem sabe, preparados para admitir.

Autor: David Sousa

Deixe o seu comentário

bomfutebol