-- ------ Resultado Desportivo e a Aquisição/Evolução de Competências dos Jovens Jogadores - Bom Futebol
Bom Futebol

Resultado Desportivo e a Aquisição/Evolução de Competências dos Jovens Jogadores

A aquisição e evolução de competências dos jovens jogadores jamais poderá estar relacionada com os resultados desportivos, isto porque cada jogo é influenciado por um conjunto de variáveis que o tornam único e irrepetível, tais como: qualidade do adversário, disponibilidade dos nossos jogadores (física e mental), tempo (meteorologia), terreno de jogo (dimensões, tipo de piso) semana de treinos, altura da época em que decorre, evolução do resultado, etc…

No entanto, os resultados desportivos positivos têm um papel importante na motivação dos jovens jogadores. Miúdos motivados têm uma maior disponibilidade para o treino. Se têm mais disponibilidade para treinar, a probabilidade de evoluírem será maior, MAS, só existe aquisição/evolução de competências se o treino for de qualidade. Também é errado pensar que os resultados desportivos positivos significam que determinadas competências já estão adquiridas. Só através da prática sistemática (em treino e/ou em jogo) é que irá fazer com que as competências adquiridas se mantenham, ou seja, se após a aquisição de determinada competência, deixarmos de incidirmos o nosso trabalho sobre a mesma, esta tenderá a desaparecer.

Por outro lado os resultados negativos têm um papel importante na desmotivação dos jovens jogadores, pois miúdos desmotivados têm uma menor disponibilidade para o treino. Se têm menor disponibilidade para treinar, a probabilidade de evoluir será menor, MAS, acredito que se um treino for de qualidade, a motivação pode aumentar e consequentemente haver aquisição/evolução de competências.Portanto, penso que a base fundamental da aquisição e evolução de competências dos jovens jogadores está no treinador através do seu processo de treino (programação, periodização e planificação) e conhecimento do jogo, aliado à sua capacidade de comunicação e liderança.

Para compreender se existe uma aquisição e/ou evolução de competências por parte dos jovens jogadores, o treinador no início da época desportiva deverá definir um conjunto de parâmetros, criar uma bateria de testes e aplicá-la, de modo a poder avaliar o nível inicial dos jovens. Após recolher os dados desta avaliação inicial deve definir quais as metas a atingir. Posteriormente deverá ao longo da época realizar algumas avaliações de controlo, sobretudo a meio e no final da época (podendo existir mais momentos de avaliação se o treinador assim o entender). A partir dos dados recolhidos nas diferentes avaliações é que o treinador ficará em condições de realizar uma auto-avaliação ao seu trabalho desenvolvido. Contudo o treinador não deixará de estar sujeito a outros tipos de avaliações nomeadamente dos Pais e Dirigentes, cuja cada avaliação será feita consoante as convicções de cada um (que pelo que observo em campos de futebol, o trabalho do Treinador ainda é avaliado, muitas vezes, pelos resultados desportivos, INFELIZMENTE).

Concluindo, não acredito que exista um paralelismo linear entre Resultado Desportivo e Aquisição e Evolução de Competências (ou vice versa), embora seja essa a tendência de pensamento da maioria das pessoas, ou seja Resultados Desportivos positivos como sendo sinónimo de Aquisição e Evolução de Competências nos jovens jogadores. Por outro lado acredito que o trabalho do treinador, desde que seja bem planificado e operacionalizado, é fundamental para o desenvolvimento dos Jovens Jogadores.

Deixe o seu comentário

bomfutebol