-- ------ Reysol segue líder da J1 League apesar do nulo - Bom Futebol
Bom Futebol

Reysol segue líder da J1 League apesar do nulo

Reysol segue líder da J1 League apesar do nulo -Meiji Yasuda J1 League.

Kashiwa Reysol prossegue a boa campanha de 2017, o empate não retirou a liderança aos ‘canarinhos’. Cerezo Osaka também se quedou pela igualdade. Gamba Osaka, Kashima Antlers e Yokohama F Marinos, de Hugo Vieira, voltam a aproximar-se.

O jovem guarda-redes do Reysol continua brilhante. Fonte: Twitter

Ventforet Kofu 0-0 Kashiwa Reysol

O clube da casa já não vence há alguns encontros, contudo durante quase todo o desafio foi o Ventforet a causar mais calafrios às redes de Nakamura, mas o guardião visitante voltou a realizar uma exibição de gala e impediu as sucessivas tentativas de sucesso.

Na parte final do encontro os líderes da liga assomaram ao ataque e a bola ainda beijou os ferros em duas ocasiões, no entanto estava destinado o desfecho a um nulo.

https://www.youtube.com/watch?v=D_jfl2Q93Sw

Cerezo Osaka 1-1 Shimizu S-Pulse

Apesar de se encontrarem nos lugares perigosos da tabela, os visitantes não se atemorizaram pela visita ao vice-líder e arrancaram com muita ofensividade. A estrela da equipa, o nipónico-norte-coreano Jong Tae-Se abriu o marcador logo aos três minutos, surgindo na pequena área a responder da melhor forma a um centro da esquerda do ‘9’ brasileiro Tiago Alves, a sair do centro para junto do lateral esquerdo Matsubara, surgindo o internacional pela Coreia do Norte na zona de finalização.

Respondeu bem o Cerezo, contudo o reforço Rokutan, que chegou ao Shimizu para assumir as redes, impedia quaisquer e todas as investidas.

Aninhada no seu último terço, a equipa forasteira demonstrava imensa solidariedade defensiva e evitava todos os acometimentos dos da casa.

A equipa do S-Pulse desesperava por uma vitória, algo que não sucede para a J1 League desde 8 de Abril, e todos os meios serviam para aliviar a bola. Chegava-se aos descontos com 0-1 no marcador.

Uma última investida viu o árbitro assinalar grande penalidade, já no tempo extra, e Kiyotake concretiza para o empate. Kobayashi começa a ter o lugar ameaçado.

Vissel Kobe 0-1 Gamba Osaka

Depois da derrota da jornada anterior, o Gamba Osaka voltou a vencer.

A partida foi dividida, como habitual, e as situações nas balizas sucederam-se, também normal na liga nipónica.

Finalmente, Kurata descai na esquerda, saca um belo cruzamento a aproximar-se da baliza, onde surge Nagasawa a concluir da melhor forma, o Gamba colocava-se em vantagem, desfecho que viria a ser o definitivo.

Kashima Antlers 3-0 Consadole Sapporo

Depois de duas derrotas consecutivas, o campeão volta a retomar trilho com dois sucessos de enfiada, mantendo-se colado à zona cimeira da tabela, agora é 4.º a quatro pontos da frente.

A vitória começou a desenhar-se cedo, como se pede, diante de um Consadole bastante aflito. Atsutaka Nakamura penetra de forma superior pela área adentro, ganha a linha e centra atrasado, surgindo ao segundo poste o lateral esquerdo Yamamoto a concluir, haviam decorrido somente dois minutos de partida.

A esquerda defensiva do Consadole foi destruída por Nakamura, que volta a passar que nem faca por manteiga pelos adversários e assiste desta feita o brasileiro Pedro Júnior para o 2-0, 15 minutos de jogo e já tudo parecia resolvido.

Numa saída rápida foi a combinação brasileira Leandro-Pedro Júnior a resultar no 3-0. Aos 30 minutos de partida já o campeão tinha três golos de avanço, resultado com que findou a partida.

FC Tóquio 0-1 Yokohama F Marinos

Ambos na luta pelas posições de apuramento continental, a equipa de Hugo Vieira deslocou-se aos subúrbios da capital nipónica para sacar uma preciosa vitória.

A equipa da casa revelou-se sempre mais afoita e carregou na busca do golo.

O F Marinos defendia-se bem e com vigor.

Hugo Vieira tem um fogacho pouco antes de sair, aos 80 minutos, contudo o guarda-redes do FC Tóquio mostrou-se à altura do ataque.

Uma combinação de Togashi, substituto do barcelense, e Amano acabou por resultar no único tento da partida, aos 88 minutos, num resultado lisonjeiro para os visitantes, pois foi o FC Tóquio a mostrar sempre mais vontade em vencer.

Com este triunfo o F Marinos ultrapassa o opositor desta 15.ª ronda e avança para a 5.ª posição.

Kawasaki Frontale 1-0 Sanfrecce Hiroshima

Também um golo apenas decidiu o confronto entre Frontale e Sanfrecce.

Na primeira metade até foi o clube visitante a causar mais calafrios. Depois de uma sequência de bons resultados que retirou a equipa da última posição, o Sanfrecce soma a segunda derrota seguida e segue em penúltimo.

O Frontale veio diferente do descanso e o culminar no golo foi apenas uma consequência natural da maior ofensividade dos donos do terreno.

Um bom remate de Abe, aos 56 minutos, redundou no tento que garantiu os três pontos aos da casa.

Urawa Reds 2-4 Jubilo Iwata

Este foi um típico encontro de Meiji Yasuda J1 League, algo que em 2017 não se tem visto com a frequência habitual.

Uma saída falhada de Nishikawa permitiu a Kentaro Ohi abrir o marcador para os visitantes.

Antes do intervalo, a partir de um canto, Yuki Abe iguala a contenda.

Abe bisa aos 56 minutos e a formação de Saitama dava a volta ao resultado.

É novamente Nishikawa a falhar na saída, agora a tentar evitar um 1×1 do brasileiro Adailton, permitindo nova igualdade no marcador.

Adailton depois assiste o suplente Matsuura para o 2-3 e o 2-4.

O Urawa Reds atrasa-se na luta pelos lugares continentais.

Sagan Tosu 1-1 Vegalta Sendai

Um remate à entrada da área por Harakawa deu vantagem ao Sagan Tosu aos 49 minutos de jogo.

Uma espécie de carambola na sequência de um canto viu Nakano empatar aos 72 minutos.

Os dois clubes seguem próximos na tabela, separados por somente um ponto, em 11.º e 12.º lugares.

Albirex Niigata 1-2 Omiya Ardija

Niigata recebeu um duelo entre últimos, ambos com oito pontos à partida para a ronda 15.

Apesar de ter sido a equipa da casa a causar os primeiros apuros ao oponente, é numa jogada de contra-ataque que o Omiya Ardija se adianta, golo de Esaka, que viria a bisar.

O capitão visitante aproveitou bem um mau alívio do sul-coreano Song e remata de pronto, do meio da rua, para o 0-2, haviam passado 33 minutos de encontro e em duas tentativas os visitantes faziam dois golos.

Yamazaki reduz para o Albirex, contudo não foi suficiente para evitar nova derrota e a solidão da ‘lanterna vermelha’.

 

Deixe o seu comentário

bomfutebol
Powered by Live Score & Live Score App