-- ------ Teste final - Adepto do Futebol Clube do Porto - Bom Futebol
Bom Futebol

Teste final – Adepto do Futebol Clube do Porto

Teste final – Adepto do Futebol Clube do Porto

Numa nova rubrica semanal, iremos acompanhar as aventuras e desventuras no Futebol Clube do Porto dentro das 4 linhas, até ao final da Liga Nos, na perspectiva de um adepto o mais imparcial possível.

O S.L. Benfica irá receber, neste domingo, o F. C. Porto para o jogo grande da 30ª jornada da Liga NOS! Aquando o sorteio do calendário, já se apontava para um jogo escaldante e potencialmente decisivo para as contas do título. No entanto, à 4 jornadas atrás, a importância deste ainda distante jogo era mais relativa, face à vantagem que os dragões apresentavam na altura.

No início da temporada, falou-se do plantel curto à disposição de Sérgio Conceição, colocando os portistas na terceira posição da “pole position“, face aos hipotéticos melhores planteis dos adversários da 2ª Circular. Apesar12 de tudo, o FC Porto embalou para uma série de jogos de bons resultados e Bom Futebol, com Sérgio Conceição, e muito bem, a adaptar a forma de jogar aos jogadores que tinha à disposição.

Plantel Curto?

No entanto, a expressão “plantel curto” não terá sido a mais correcta, pelo que aplicaria a expressão “falta de profundidade” e “falta de alternativas”. Quando se pensaria que seria Brahimi a fazer mais falta, terá sido a ausência de Danilo e, mais tarde, Marega a fazer mossa nas últimas partidas do FC Porto, não apenas a nível de resultado mas a nível exibicional. Por outro lado, poucas opções existem para outras estratégias e/ou táticas, principalmente nesta altura do campeonato.

Se eu, há 1 ou 2 anos atrás, pensasse que iria escrever que Marega faz falta, certamente seria uma piada, com pouco humor, mas a verdade é que este FC Porto depende muito da sua capacidade de romper linhas, da sua velocidade e capacidade de embate. Tal como Danilo, cujo substituto, apesar de bom jogador, não tem as mesmas características e perde na capacidade de choque e recuperação.

 Teste final

Este será o teste final à capacidade do FC Porto em superar-se e recuperar o 1º lugar. Ambas as equipas dependem apenas de si, algo que poderá no final deste jogo. Não é o tudo ou nada, mas é o quase tudo, principalmente para o SL Benfica, que ainda irá visitar o Sporting CP na última jornada, que, mesmo que na altura não tenha possibilidade de chegar ao 1º lugar, não quererá certamente que o seu maior rival seja campeão no seu estádio!

Ao FC Porto, resta encarar este jogo como tem sido esta temporada, com raça e querer vencer, lembrando-se que ainda terá que vencer o Vitória de Setúbal, o Marítimo, o Feirense e o Vitória Sport Clube, sem nunca esquecer que os campeonatos não se vencem ou perdem nos clássicos!

Deixe o seu comentário

bomfutebol