-- ------ Um bom dia, para quem é português! - Bom Futebol
Bom Futebol

Um bom dia, para quem é português!

Um bom dia, para quem é português!

Sporting:

No dia de ontem (03/08/2017) tudo começou da melhor maneira, quando o Sporting foi confirmado, como cabeça de série, no sorteio do play-off da Liga dos Campeões. Ou seja, ao invés de Liverpool, Sevilha, Nápoles, Ajax e Dynamo de Kiev, os leões poderiam enfrentar Hoffenheim, Basaksehir, Steaua Bucareste, Young Boys e Nice.

Isto não quero dizer que a passagem ficou assegurada, apenas ficou teoricamente mais acessível. Ou seja, neste caso o Steaua Bucareste é o adversário mais fácil, teoricamente, que poderia ter calhado, mas eles chegaram a esta fase por mérito próprio, ao eliminar o Viktoria Plzen.

Fonte: UEFA

Marítimo:

No final da tarde, pelas 19 horas, começou o jogo do Marítimo, na Liga Europa, e logo se fez notar que a equipa madeirense não estava para brincadeiras. A turma de Daniel Ramos, ao contrário do jogo da 1ª mão, dominou e superiorizou-se ao adversário, sendo que no final conseguiu uma vitória, por duas bolas a zero, apurando-se para a próxima eliminatória desta competição.

No que toca à partida, os leões da madeira fizeram um jogo tal como nos tem habituado na época passada, ou seja, muito forte na transição ofensiva, com um meio-campo bastante musculado. De destaque, também, as fragilidades defensivas da equipa maritimista, que poderiam ter azedado o final desta tarde, mas, como a sorte também está presente no futebol, tudo correu na perfeição.

Para a próxima ronda, será de esperar dois jogos de muita luta e paixão, onde os jogadores terão que se transcender, para poderem eliminar o Dynamo de Kiev. Para além disto, terão que ser mais ousados na eliminatória em que vão jogar fora de portas, pois nos Barreiros será muito difícil não sofrer golos.

Braga:

Já depois da hora de jantar, pelas 21 horas, foi a vez dos bracarenses lutarem pela permanecia na Liga Europa. Os minhotos, apesar de terem que recorrer ao prolongamento, conseguiram o merecido bilhete para a próxima eliminatória, ganhando por duas bolas a uma aos suecos do AIK.

No que diz respeito ao jogo, o Sp. Braga ofereceu os primeiros 45 minutos aos suecos, pois provavelmente o treinador Abel Ferreira não esperava um adversário tão atrevido. Mas, na segunda parte, com o erro da descida do bloco sueco, os guerreiros aproveitaram para pressionar e marcar o golo do empate. Esta estratégia dos suecos foi completamente furada, porque o clube minhoto não estava a conseguir a profundidade necessária para criar perigo, logo, com a descida do bloco, conseguiram aproximar-se da baliza e criar algumas oportunidades de golo. No prolongamento, apesar do cansaço dos jogadores, o Braga conseguiu melhorar a sua organização ofensiva e chegar merecidamente ao golo da vitória.

Na próxima etapa, terão um dos adversários teoricamente acessíveis desta eliminatória (FH Hafnarfjördur), mas os seus jogadores terão que se estar numa melhor forma, pois a sorte não caí duas vezes no mesmo sítio, logo terão de suprir a dificuldade de chegar à baliza adversária. Esta dificuldade resulta dos vários reforços que entraram para a defesa e meio campo, apenas Rosic transita da época passada, ou seja, deverá ser uma questão de tempo até os bracarenses aumentarem o seu nível de jogo.

Deixe o seu comentário

bomfutebol